Reconstrução Nasal

Poucos campos dentro da cirurgia plástica são tão fascinantes como a reconstrução nasal. Pode faltar apenas a parte óssea, neste caso utilizaremos enxertos de cartilagem sobretudo das costelas para solucionar o problema, e também podem faltar tecidos brandos.

* Esta é a parte mais desafiante desta subespecialidade dentro da cirurgia plástica. A maneira de reconstruir um nariz está normatizada, e as melhores técnicas foram descritas pelo Dr. Frederick Menick, cirurgião a quem eu tive o privilégio de visitar e que conseguiu a perfeição nesta área.

Obviamente sigo todos os ensinamentos que ele proferiu, visto que com suas técnicas se obtém excelentes resultados. Para reconstruir a cobertura cutânea sem dúvida a pele da testa é a melhor opção. Se utiliza o retalho paramediano frontal, que deixa uma cicatriz vertical muito bem dissimulada.

A reconstrução nasal constitui uma perfeita conjunção entre a cirurgia estética e a cirurgia reconstrutora. Para conseguir o melhor resultado possível, uma não pode prescindir da outra.